UNIDADES UNIVERSITÁRIAS

O curso de Medicina da UFF é composto por quatro unidades universitárias, sendo elas: Instituto Biomédico, Instituto de Biologia, Instituto de Saúde da Comunidade e Faculdade de Medicina. Cada unidade é responsável pela infraestrutura e organização departamental, menor espaço administrativo da faculdade, das disciplinas que temos em nosso e em outros cursos. Dessa forma, entende-se que, por exemplo, o Instituto Biomédico é responsável pela estrutura do prédio do Anatômico, por exemplo, bem como do seu funcionamento interno, como em questões com técnicos, seguranças e profissionais da limpeza. Ainda, cada unidade universitária possui um diretor e um vice-diretor os quais são eleitos para o mandato de quatro anos e podendo concorrer à reeleição. Nesse sentido, é importante que os alunos saibam que podem votar nos professores candidatos. No momento, a direção da Faculdade de Medicina é composta pelo professor Adauto Dutra Moraes Barbosa e pelo vice José Genilson Ribeiro. Ademais, especificando um pouco mais a unidade universitária responsável por grande parte das disciplinas do nosso curso, a Faculdade de Medicina é composta pelos departamentos de Cirurgia Geral e Especializada, Materno-Infantil, Medicina Clínica, Patologia e Radiologia. Tais departamentos apresentam chefes e professores que ministraram as disciplinas médicas para o nosso curso, como é o caso de MICA e MIAI.

COLEGIADO DE CURSO

Somando-se a essa estrutura, não podemos deixar de mencionar a estrutura didática e curricular da Medicina UFF. Tal função é desempenhada pela coordenação de curso, a qual é responsável pela nossa graduação e disciplinas existentes na nossa formação acadêmica. A atual coordenadora de curso é a Professora Claudete. Importante mencionar que o corpo estudantil, ou seja, o DABT tem cadeira nos colegiados da Faculdade de Medicina, no colegiado do Instituto de Saúde da Comunidade, no Colegiado de Curso e no Núcleo Docente Estruturante. Os representantes são eleitos em reunião ordinária para o mandato de um ano, durante o qual será função deles atender a reuniões marcadas pela coordenação, mas também estar presente de forma ativa e efetiva das discussões que são colocadas em evidência entre os representantes, pois entende-se que pluralidade é essencial para o debate e tomada de decisões dentro do ambiente dos órgãos colegiados. Ainda, os colegiados mencionados apresentam poder deliberativo, ou seja, de voto, enquanto que o NDE apresenta apenas poder consultivo, sendo necessário que as questões curriculares e acadêmicas sejam levadas nessa esfera, para que sejam discutidas e encaminhadas para o colegiado de curso. No total, considerando suplentes e titulares, o DABT apresenta quatro cadeiras para a Faculdade de Medicina, duas cadeiras no Instituto de Saúde da Comunidade, quatro cadeiras no núcleo docente estruturante e, por fim, doze pessoas para o colegiado de curso.

Previous
Next

2021 – Faculdade de Medicina da Universidade Federal Fluminense

Rua Marquês de Paraná, 303 – Centro, Niterói – RJ, 24220-000

1